África: presidente Nkurunziza sofre um golpe de estado em Burundi

O noticiário africano é uma farta fonte de piadas de duplo-sentido. O Burundi está vivendo um dia de tensão. Tudo porque um golpe militar está sendo executado. O problema não se sabe se o golpe de estado contra o presidente Pierre Nkurunziza deu certo. Pelo jeito, tanto os golpistas quanto o presidente levaram no Burundi (que trocadilho infame e muito politicamente incorreto).

Anúncios

Dilminha conversa com Renan sobre Fachin para evitar um vexame no Senado

A campanha pela rejeição da indicação do jurista Luiz Fernando Fachin ao cargo de ministro de STF é muito grande. Desde da capa da revista Veja até os senadores serem contrários a sua pessoa. Fachin pediu apoio nas redes sociais. A preocupação do Planalto é tanta que Dilminha e o presidente do Senado Renan Calheiros tiveram uma conversa a sós em um avião da FAB. Pelo jeito, ela tentou aparar as arestas com o senador alagoano sobre uma indicação tão errada.

I drove all night

Quando amamos alguém. Sempre queremos estar juntos para sempre. É como se fosse o nosso companheiro de jornada. Está é a história de Jude e Ann. Eles se conheceram quando faziam um mochilão na famosa rota 66 que liga a costa oeste a costa leste dos Estados Unidos. Eles puderam ver juntos o luar mais belo do mundo que sempre acontece no estado do Arizona.

Eles tinham muita coisa em comum. Eram fãs de filmes como coração selvagem e do cantor de rock Roy Orbison. A música preferida deles é I drove all night. Eles vagavam por este mundo tão incompreendido que sua jornada por um deserto era como se fosse uma resposta a tais indagações que faziam ao longo de sua vida para compreender a si mesmos.

Jude sempre sonhou em fazer esta viagem. Ele via as paisagens como o Grand Canyon nos anúncios de cigarro que eram publicados em uma revista de carros. Ann lia as histórias do velho oeste. Ela era fã do Western Spaghetti produzidos por diretores italianos. Ambos queriam descobrir o oeste selvagem como uma forma de entender seus sentimentos.

Por o pé na estrada foi uma decisão corajosa de ambos os lados. Eles queriam sair da monotonia de suas vidas e viver os sonhos que sempre nutriam ao ver a foto do Grand Canyon ou um filme de faroeste. Isso era uma maneira de encontrar as respostas que tanto buscavam. Mas encontraram um amor pelo outro que foi capaz de ditar o ritmo dessa viagem.

Eles não se desgrudavam durante toda a viagem. Isso lhe permitiu que criassem um amor que fosse correspondido por atos de coragem e de sobrevivência em um mundo tão enigmático. O deserto lhe dava uma impressão de solidão, mas ao mesmo tempo é possível compreender este momento onde dois parceiros entendam um ao outro em meio a imensidão do nada

O mundo de Alex

A imaginação é uma forma de fortaleza contra a crueldade do mundo. Em maio de 1968, os franceses entoavam o slogan: “Imaginação no Poder”. Isso era uma forma onde os estudantes desejavam reformas contra o mercurial presidente francês Charles De Gaulle. Eles não conseguiram uma vitória diante do monolitismo conservador. Esse era o mundo de Alex.

Ele queria ficar em seu mundo fantástico onde a imaginação reinava diante de sua cabeça inventiva. Alex era uma criança muito inventiva, mas incompreendida por seus colegas ou pelos próprios pais. Eles não entendiam como seu rebento não sabia se relacionar com as crianças de sua idade. Mas ele queria ficar em seu planeta encantado e interessante.

Ele sofria com isso. A tal da aceitação de seus pares. Mas encontrou um senhor com quem pode dividir está imaginação tão incompreendida. Ele se chamava Hugo. Era um ser que já passou pelos mesmos problemas de Alex. A vida adulta de Hugo era interessante para Alex por suas aventuras pelo mundo que tanto compreendeu as duras penas.

As histórias de Hugo confortavam a mente de Alex. Era como se fosse uma forma de entender que a vida adulta não era tão complicada como ele imaginava ao conviver com seus pais tão complicados. Alex tinha um alivio ao conviver com um senhor que apenas queria uma companhia para a sua solidão. Ambos tinham a alegria de viver pela própria imaginação.

Alex pode ter uma infância feliz graças a compreensão de Hugo. O encantador desta amizade que durou décadas é que eles podiam se completar por sua via imaginária. Um garoto que tinha uma imaginação fértil junto com um senhor que tinha muitas histórias para contar. Isso foi sem dúvidas uma relação pessoal e muito especial para estes dois seres imaginários.