2016 se foi

Tirei uma folga do blog. Pode aproveitar o tempo para ler as retrospectivas de 2016 nas revistas Época e Veja e além de ficar fuçando no twitter. Passado o turbilhão de 2016, posso fazer uma reflexão sobre o ano tão complicado que vivemos em momentos como a eleição de Donald Trump, Brexit, Impeachment, Zika, PEC 241 e 55, Síria e outros cataclismas.

Mas 2016 foi um daqueles anos que não terminam no dia 31 de dezembro. Vamos ter muitos eventos em 2017 que serão as sequelas de 2016 como a posse de Donald Trump ou a invocação do artigo de 50 do tratado de Lisboa para que inicia-se o processo de saída do Reino Unido da União Europeia. Pelo jeito, vou ter muito trabalho pela frente em 2017.

2016 pode ser considerado um annus horribilis pelas perdas humanas como as mortes de David Bowie e Muhammad Ali. Parece que o longo século 20 se encerrava com tais perecimentos patrocinados pelo ceifador de almas. Mas temos que seguir o nosso rumo e entender o ciclo humano onde nascemos, crescemos, desenvolvemos e morremos.

Parece que nós criamos uma 2016fobia. Tanto que o publicitário Nizan Guanaes disse que tal ano deveria ser dois mil e dezechega. Lembro que a Alessandra Alves ter tweeted que tal conjunto de 12 meses deveria ter a seguinte mensagem: escrito e dirigido por Quentin Tarantino enquanto minhas amigas Lauane e Jéssica acreditam que tal ano foi roteirizado por George R.R. Martin (Game of Thrones) ou planejado por Frank Underwood (House of Cards).

2017 vem com um grande desafio de revertermos o sentimento de que tudo está perdido como sentimos em 2016. Vamos ter um longo trabalho de vigiar o governo e não esquecer das pessoas que passam por privações ou estão fora de suas casas por causa das carnificinas internacionais. Pelo jeito, vou ter muito trabalho em descrever 2017 no Homo Causticus.

Anúncios

Um comentário sobre “2016 se foi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s