O trabalho de ensinar

Quando era estudante e rato de biblioteca. Tive um professor chamado Ademar que me incumbiu de uma tarefa especial no terceiro ano do colegial. Eu defendi uma tese de uma redação que escrevi sobre a revolução dos cravos. Eu fiz uma defesa oral como uma forma de reafirmar um lado orador e agradeço o fato de Ademar ter me dado tal oportunidade.

Isso me lembra o trabalho de ajudar e ser um mestre para um amigo meu que prefiro não mencionar seu nome com o fim de preserva-lo. Eu fiquei assustado no primeiro momento em que ele pediu a minha ajuda. Mas logo percebi que estaria cometendo um erro imperdoável de minha parte de não lhe dar uma oportunidade em melhorar de forma sensata.

Não falo disso como uma soberba. Mas sim pelo fato de ajudar um amigo a quebrar o ciclo. Nós vivemos em um mundo em que nós nem olhamos para o nosso vizinho em um manhã de dia de semana ou temos aquela troca de idéias com os colegas com o medo de sermos superados por uma concorrência inespearada ou a deslealdade de um ser humano.

Mas quando vejo o meu amigo. Penso que faço o certo. Não sei se ele vai ser uma das 7 bilhões de pessoas tristes e fracassadas citadas na coluna de ontem (17/10/2016) do Pondé na Folha. Porém, tenho que tentar ajudar tal amigo em seu objetivo de ele ser um bom cronista. Se ele for melhor ou ter mais sucesso do que este que vos posta não me importa.

Por isso que lembro do Ademar. Hoje, ele é um professor amado e que continua na mesma escola onde eu estudei dando aulas com o mesmo brilho nos olhos que o vi na primeira vez em que nós nos conhecemos. Espero que eu tenha o mesmo exito que teve o Ademar. Vou tentar com toda força do mundo em minhas costas pelo trabalho de ensinar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s