O enigma do amor

Numa dessas manhãs frias de outono. Acordei cedo para acompanhar as eleições locais no Reino Unido. Para passar o tempo, vi o clipe da música Woman in Chains. Aquele casal como a mulher e seus dilemas ao lidar com a obstinação do homem que sonha em ser um lutador de boxe para lidar com as frustrações que vive diariamente em seus treinamentos.

Isso explica o enigma do amor? O ato de amar o próximo feita de forma do delírio romântico tão bem descrito no romantismo dos séculos 18 e 19 onde os jovens poetas morriam por suas musas irreais e que sempre viviam em sua mente mostra que estamos lidando com algo tão misterioso em que o coração e o cérebro não são capazes de explicar.

Como destrinchar o sentimento de um encontro do inesperado onde duas pessoas sentem um sentimento de uma cumplicidade onde dois opostos se complementam? Nem os religiosos e os intelectuais conseguiram explicar algo tão fascinante quanto o amor entre seres humanos desenvolvem um afeto como forma de sobreviver a momentos turbulentos.

Se na adolescência, a experiência do primeiro amor é vivida intensamente foi banalizada pelo ato de ficar do que ter um namoro sério. Lembro de um amigo que foi editor do NFL S.A. em que falava que quando conseguia que uma garota se interessasse por futebol americano era como marcasse um touchdown da vida por encontrar alguém para dividir seus sucessos e frustrações.

Agora, vivemos uma era de dispersão digital onde as pessoas tentam se relacionar por via de redes sociais. Ao mesmo tempo que buscam uma relação amorosa no mundo real para não se sentir inferior perante seus pares em uma sociedade moderna. O namoro não tem um manual de instruções sobre isso em que permita decifrar o enigma do amor.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s