Golpe em New York

Os presidentes brasileiros sempre tem uma predileção de fazer discursos na ONU. O Brasil é o primeiro país a abrir as assembleias gerais das Nações Unidas por uma tradição para evitar o predomínio de Estados Unidos e União Soviética durante a Guerra Fria. Mas hoje, o discurso de um mandatário tupiniquim serve apenas para agradar o público interno.

Foi isso que fez a presidente Dilma Rousseff ao comparecer a assinatura do acordo do clima de Paris. Ele fez um discurso de 7 minutos sem mencionar a palavra golpe. Invés disso, afirmou que o Brasil vive um retrocesso. Bem, a palavrinha mágica foi mencionada a exaustão durante uma entrevista coletiva para a imprensa brasileira em New York.

O que fica claro é que a retórica do governo se resume a simples palavra: Golpe. Parece um samba de uma nota só. A presidente deveria se defender do processo com argumentos. Mas isso é esquecido em se tratando de uma esquerdista que justifica suas palavras para lutar contra um inimigo íntimo como Michel Temer ou interno como a sociedade.

O Brasil é um país onde a população é de direita e a elite é de esquerda. Ambos vivem se digladiando para ser um porta-voz dos oprimidos para denunciar uma tentativa de ruptura do status quo. Propostas como a convocação de uma eleição presidencial antecipada feita pelo senador João Capiberibe (PSB-AP) soa uma tentativa de por panos quentes.

A nação quer resolver tais problemas sem soluções mágicas ou retóricas ridículas. Isso exige respeito as instituições e a constituição de 1988. O processo de impeachment está transcorrendo de forma correta mesmo tendo uma condução demagógica. Agora, o Brasil quer uma solução para tais problemas que não será resolvido com a menção da palavra golpe em um discurso da ONU.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s