Reformafobia francesa

Hoje, a França viveu mais um dia de protestos em mais de 200 cidades por causa das mudanças no código trabalhista como o fim da jornada semanal de 35 horas adotada pelo governo do ex-presidente François Mittiterrand nos anos 1980. Mas os manifestantes estão protestando contra o presidente François Hollande e seu primeiro-ministro Manuel Valls.

Após a desistência de adotar uma ampla reforma constitucional que poderia permitir que o estado francês retirasse a cidadania francesa de terroristas nascidos no país. Mas as mudanças no código trabalhista despertam a ira dos franceses porque ameaça o seu modo de vida tão bem preservado com os acordos de Grenelle feitos após as greves de maio de 1968.

Mas a realidade econômica mudou. Os custos trabalhistas explodiram com o sistema da jornada de trabalho de 35 horas semanais junto com o fato das empresas não podem reduzir os salários. Tal medida foi tomada unilateralmente pela França como uma forma de iniciar um processo em cadeia de reformas trabalhistas nos países da então Europa Ocidental.

Mas países como Reino Unido e Alemanha adotaram sistema de bem-estar com legislações trabalhistas mais flexíveis junto com uma maior liberdade na negociação entre trabalhadores e empresários. Isso cria um sentimento de que a França está tomando o rumo errado mais por teimosia dos sindicatos e estudantes do que uma análise insensata do governo.

O problema do código trabalhista é que possa refletir uma divisão dentro do partido socialista. A secretária-geral do PS, Martine Aubry é contra as mudanças enquanto o maior defensor das mudanças e o primeiro-ministro Manuel Valls. Mas será que os franceses estão preparados para fazer sacrifícios para ter uma economia competitiva em relação a outras economias do mundo? Essa questão não foi respondida pelos protestos de hoje.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s