O efeito Bloomberg

A disputa presidencial americana pode ganhar um novo personagem. O bilionário Michael Bloomberg pode se candidatar de forma independente a presidência dos Estados Unidos. Tal fato foi citado ontem aqui neste humilde blog. Mas pode ser devastador mais para os democratas quanto para os republicanos. Muitos jornalistas estão ansiosos pelo anúncio de Bloomberg.

Michael Bloomberg foi um dos yuppies do mercado financeiro americano dos anos 1980. Tão logo saiu de uma corretora de bolsa de valores. Decidiu criar uma agência de notícias do mercado financeiro. Assim nasceu o seu império midiático e sua fortuna estimada de 40 bilhões de dólares ao ver um setor pouco explorado e com um excelente retorno para si mesmo.

Não satisfeito, se candidatou-se ao cargo de prefeito de New York para a sucessão de Rudolph Giulani pelo partido republicano em 2002. Se elegeu e foi reeleito duas vezes por causa de sua visão de cidade. Tanto que se desligou dos republicanos e se tornou um candidato independente, que lhe deu uma maior liberdade para aprovar medidas controversas como o controle de porte de armas e leis restritivas aos fumantes.

Mas a maior preocupação de democratas e republicanos é como Bloomberg pode tirar votos de ambos os partidos. Principalmente do futuro candidato democrata por que Michael tem ideias que se assemelham ao ideário de tal partido. Isso seria um efeito inverso como a candidatura do empresário texano Ross Perot nas eleições presidenciais de 1992, que tirou votos do presidente republicano George Bush.

Bloomberg tem feito duras críticas ao rumo da campanha eleitoral americana. Tanto que disse que a mesma é um insulto a inteligência dos eleitores e já manifestou seu apoio a Hillary Clinton e Jeb Bush. Mas nos últimos dias, a imprensa americana já publicou entrevistas onde Michael afirma que pode disputar as eleições em Novembro e que a decisão final será tomada em março. Este é o efeito Bloomberg.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s