Alegria em Teerã e preocupação no Oriente Médio

Hoje, o Irã viu as sanções econômicas impostas pela ONU em 2006 fossem revogadas como parte do acordo entre a nação persa e as potências mundiais ratificado em julho de 2015. Mas isso cria uma incerteza em Teerã. Com a entrada do Irã no mercado pode oferecer um queda abrupta no preço do barril de petróleo que está na faixa de 30 dólares, o menor preço desde de 2004.

Isso preocupa e muito o Oriente Médio já que as monarquias do golfo pérsico dependem das receitas do petróleo. A Arábia Saudita pode enfrentar uma falência descomunal se não fizer a lição de casa do FMI de cortar gastos e benefícios para fortalecer a economia. O Qatar está com problemas para financiar a emissora estatal Al Jazeera. Tanto que decidiu fechar o serviço americano da empresa.

Não se sabe como será as reações de outros países a nova enxurrada de ouro negro com a entrada do Irã no mercado internacional. Mesmo com o presidente iraniano Hassan Rouhani festejando a suspensão das sanções como um novo capítulo nas relações diplomáticas entre Teerã e a comunidade internacional. Esse é um novo caminho para a nação persa.

Mesmo assim, novas sanções foram impostas a Teerã pelo Estados Unidos por causa do programa de misseis balísticos. 11 pessoas e entidades terão suas contas congeladas para evitar o financiamento do projeto militar. Isso soa com um alívio para Arábia Saudita e Israel por verem uma ação dos Estados Unidos para conter o desenvolvimento bélico da nação persa.

Este é um momento de incertezas no Oriente Médio. A ascensão iraniana não pode ser ignorada. Trata-se de um momento de negociações entre os países do Oriente Médio para estabelecer como serão as relações diplomáticas em um futuro próximo. A queda abrupta do preço do barril de petróleo pode indicar um novo caminho que precisa ser percorrido com sensatez no mundo árabe.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s