Entre desculpas e Trump

Ontem, os democratas realizaram seu último debate entre seus pré-candidatos. Hillary Clinton, Bernie Sanders e Martin O’Malley se digladiavam em dizer que é capaz de liderar os Estados Unidos nos próximos quatro anos. Mas o encontro foi marcado por desculpas e Donald Trump.

Desculpas por parte de Bernie Sanders para Hillary Clinton por um funcionário do senador de Vermont ter usado o banco de dados de eleitores da ex-secretária de estado. Tão logo o debate começou, Sanders pediu perdão por tal erro cometido contra Hillary. Isso pode prejudicar Bernie nas primarias em fevereiro de 2016.

O debate foi palco de ataques contra os pré-candidatos republicanos. Principalmente o bilionário Donald Trump e suas propostas controversas como banir a entrada de muçulmanos no país. Hillary disse que a eleição de Trump pode ajudar a recrutar mais militantes para o grupo terrorista Daesh (Estado Islâmico).

Mas a questão do controle de armas foi alvo de uma intensa discussão entre O’Malley e Sanders. Tal tema tem sido o ponto fraco de Sanders que tem sido explorado tanto por Hillary quanto por Martin para destruir o mito libertário do senador de Vermont tem distribuído ao eleitorado democrata.

Fica nítido que Hillary pode conquistar a indicação democrata muito mais cedo do que se imagina. Mas ela pode enfrentar uma parada dura em Iowa e New Hampshire, palco do debate da ABC de ontem a noite. Assim, ela se tornará um alvo fácil entre os pré-candidatos republicanos durante o ano que vem.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s