Entre cartas e incertezas

Após que deflagado o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Fica-se claro que vivemos uma era de incerteza sobre o futuro da nação. Entre a atrapalhada carta do vice-presidente Michel Temer até o arranca-rabo entre a ministra da agricultura Kátia Abreu e o senador tucano José Serra mostra-se que os nervos estão a flor da pele.

Nem oposição e o governo tem maioria para aprovar ou rejeitar o impeachment. As incertezas estão se acumulando como as reformas na economia ou uma futura mudança no sistema político. Nossa paralisia é nítida quando vemos um novo capítulo de uma operação da policia federal contra a corrupção.

Mas como saímos de um estado de inépcia sistêmica? A população terá que ir nas ruas para exigir as reformas que possam melhorar o cenário econômico. Está claro que a matriz macroeconômica adotado neste governo com um amplo apoio de setores do economia deteriorou nossa credibilidade com os investidores.

Não queremos que grupos tanto pró quanto contra o governo só fiquem apontando o dedo e não apresentar um plano para combater os males econômicos e políticos do sistema de governo foi capaz de produzir ao longo dos 8 anos da era FHC junto com os quase 13 anos de governos petistas.

Agora é o momento onde a população quer fazer parte da história de um país para exigir as melhoras que tanto necessita para ter um futuro promissor para as próximas gerações.  Não podemos ficar esperando um plano salvador da pátria prometido por líderes políticos que não seja desmestidos por uma simples carta.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s