San Bernardino

Semana passada, os Estados Unidos testemunharam mais uma ataque terrorista em seu próprio território quando um casal matou 14 pessoas usando o modus operandi do massacre com uso de armas de fogo. A discussão na mídia envolvia o terrorismo até o controle do porte das mesmas.

Mas ontem, o presidente Barack Obama reafirmou mais do mesmo diante de uma população ansiosa por seu discurso que era classificado como histórico. A fala de 15 minutos só reforçou as ações de não enviar tropas militares no Oriente Médio além da estratégia adotada pelo país de bombardear os alvos do grupo terrorista Daesh no Iraque e na Síria.

Mas não se teve uma frase para entrar na história como foi feito pelo porta-voz de relações exteriores do partido trabalhista britânico Hilary Benn na quarta-feira. Obama hesita para evitar o óbvio porque insiste na promessa de não colocar os Estados Unidos em uma guerra perdida como o conflito no Iraque.

Nos Estados Unidos, é mais fácil falar do terrorismo do que defender o controle do porte de armas que foi defendido por veemência pelo jornal The New York Times em um editorial publicado na primeira página na edição de sábado. O diário foi duramente criticado pelos pré-candidatos republicanos como Mike Huckabee e Donald Trump por adotar uma posição do partido Democrata.

Obama não tem um espírito realista que foi comum entre os presidentes americanos como Lyndon Johnson ou Ronald Reagan. Ele tem muitas dúvidas e poucas certeiras para alguém que ocupa o cargo de presidente dos Estados Unidos. San Bernardino vai ser mais um evento trágico na Era Obama em que a determinação deu lugar a hesitação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s