As palavras de Benn

Na história mundial, os momentos sombrios são derrotados por palavras corajosas. Na segunda guerra mundial, o então primeiro-ministro britânico Winston Churchill dizia a seguinte frase em meio aos bombardeios nazistas a Londres: Nunca nos renderemos. Isso foi importante para a vitória aliada contra o nazismo

Hoje, fomos testemunhas disso quando o Shadow secretário de relações exteriores Hillary Benn. Como uma tradição de um maverick como foi seu pai, Tony Benn. Ele defendeu a intervenção militar britânica na Síria como uma forma de derrotar o fascismo representado pelo Daesh (a sigla em árabe do grupo terrorista Estado Islâmico).

Nunca antes na história britânica, um membro do shadow cabinet desafiou a posição do líder da oposição e defendeu de forma excepcional sobre a necessidade de uma ação militar contra o terrorismo. Isso mostra uma atitude sensata de Hillary diante da falta convicção do primeiro-ministro conservador David Cameron ou do chefe do partido trabalhista Jeremy Corbyn.

Benn citou o sofrimento do yazidis e curdos no Iraque. Os atentados contra os cidadãos britânicos, russos, franceses, sírios, libaneses, turcos e de outras nacionalidades foram citados de uma maneira respeitosa como a justificativa para uma ação militar na Síria. Ao final de sua fala, os parlamentares britânicos aplaudiram Benn.

As palavras ditas do Benn são uma verdadeira arma de guerra. Se o Daesh ainda usa sua brutalidade publicitária. O Reino Unido tem um sujeito que não ousa temer tais militantes pelo simples fato de defender a democracia como parte de uma civilização. Agora, o mundo tem um homem capaz disto chamado Hillary Benn.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s