Somos atrasados

Semanas atrás, a revista Época publicou uma reportagem sobre a censura no facebook por causa de uma charge do humorista e membro do Casseta e Planeta Hubert Aranha onde a cabeça da presidente Dilma Rousseff estava em uma bandeja. Isso criou uma reação dentro do facebook onde o desenho foi liberado. Mas nessa semana, mais um caso de racismo foi registrado na rede social contra a atriz Taís Araújo alimentou as discussões tolas sobre a internet no Brasil.

Sempre temos que ler aquele colunista que diz que os males da nação estão escancarados nas mídias sociais. Desde do caso Valentina. Passando pelo racismo contra Maria Júlia Coutinho e Taís Araújo. Me deparo com a falta de conhecimento de nossos articulistas com a rede mundial de computadores e sua anarquia encubada nas mentes de anônimos que desejam expor as suas opiniões sem ser reconhecidos na sociedade de aparências que vivemos.

Somos um povo atrasado com as novas tecnologias e ao mesmo tempo, temos uma mentalidade de jogar pedras e aqueles seres pecaminosos se revoltam de forma hipócrita contra qualquer ato que atente contra os seus valores usando os argumentos do politicamente correto. No caso de Taís, alguns colunistas afirmam que o Brasil é um país racista por tratar mal aqueles de descendência africana com termos de baixo calão.

É fácil um colunista dizer que o nosso país é racista, misógino e xenófobo. Mas me pergunto para tais pessoas como tratam por exemplo a diarista ou porteiro do seu condomínio. Não adianta passarmos sermões em forma de textos para que a maioria entenda os pecados que estamos cometendo contra aqueles de origem humilde. Temos que reconhecer que o nosso país tem problemas sociais mas que são resolvidos com conscientização.

O que adianta termos o maniqueismo do certo e errado se nós cometemos os pecados da nossa falta de convivência com algo diferente. O Brasil é um país racista, misógino e xenófobo. Mas isso não se resolve com a educação politicamente correta. Mas sim com a convivência com os preconceitos e aprender a lidar melhor com isso. Não se trata de dizer que precisamos de uma mentalidade progressista para inglês ver. Mas reconhecer que somos atrasados já ajuda bastante.

Um comentário sobre “Somos atrasados

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s