Jeb e Marco

Ontem, a emissora americana CNBC organizou a terceira rodada de debates entre os candidatos republicanos. O que ficou claro é a figura de um vencedor deste encontro que foi senador pelo estado da Florida Marco Rubio em meio ao caos protagonizados entre Ted Cruz, Chris Christie, Jeb Bush, Donald Trump, Ben Carson, Carly Fiorina, Rand Paul, John kasich, Mike Huckabee, Bobby Jindal, Rick Santorum, Lindsey Graham e George Pataki.

Enquanto o debate Happy Hour foi ameno com apenas Graham criticando a política externa do presidente Barack Obama e George Pataki defendendo o fim da negação das mudanças climáticas. O encontro primetime mostrou um conflito aberto entre os republicanos e a mídia. Ted Cruz se irritou com as perguntas do moderadores enquanto Donald Trump foi questionado por ter um programa econômico baseado em comic-con (revista de quadrinhos).

Mas o destaque foi a comparação de Jeb Bush com a ausência de Marco Rubio nas seções do congresso americano ao dizer que o senador faz uma semana de trabalho a francesa. Isso causou problemas para Bush, que vive uma crise de arrecadação de fundos para a sua campanha eleitoral enquanto Rubio é tido como a esperança do establishment republicano para enfrentar candidatos apolíticos como Fiorina, Carson e Trump.

Carson não consegue empolgar o eleitor republicano com a sua visão cristã sobre os fatos do cotidiano. Fiorina insiste em criticar Hillary Clinton. Rand Paul fica perdido diante de suas visões libertárias para um eleitorado conservador. Mike Huckabee não acrescentou nada ao debate enquanto Chris Christie ainda sente o peso da falta de sua popularidade tanto em New Jersey quanto nos Estados Unidos. John Kasich não consegue explicar sua política fiscal.

O próximo debate republicano será no dia 27 de novembro com a transmissão da CNN. Não sabemos se teremos candidatos desistindo durante o intervalo de um encontro ao outro. Isso mostra quão complicado os republicanos estão pulverizados em vários candidatos que não conseguem cativar o eleitorado conservador. Com a eleição de Paul Ryan para ser o presidente da Câmara dos Representantes. Parece que até Marco Rubio vai sair de sua semana francesa de trabalho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s