Um conservador liberal chamado David Cameron

No campo político, temos muitas definições sobre posições e ideias adotadas por políticos. Hoje, no encerramento da conferência anual do partido conservador no Reino Unido onde o primeiro-ministro David Cameron defendeu com uma paixão nunca vista sobre sua visão do conservadorismo em um discurso voltado para conquistar o eleitorado britânico para o seu sucessor possa ter uma maioria no parlamento nas eleições de 2020.

Essa era a primeira conferência do partido conservador desde que os conservadores foram eleitos com a maioria absoluta no parlamento. Cameron tinha que conquistar os corações e mentes ao prometer que fará mudanças que irão afetar a vida dos britânicos por décadas como uma agressiva política habitacional junto com o fortalecimento da economia e da defesa do país como forma de fortalecer o Reino Unido perante a comunidade internacional.

Mesmo dizendo que não irá disputar um terceiro mandato. A sua sucessão está acontecendo entre a secretária do interior, Theresa May; o chancellor of Exchequer (ministro das finanças), George Osborne e o prefeito de Londres, Boris Johnson. Enquanto Osborne defendeu uma maior autonomia fiscal para os conselhos locais. May afirmou que irá reduzir a imigração envolvendo pessoas vindas dos países da União Europeia e Boris protestou sobre a modernização do aeroporto londrino de Heathrow.

Os conservadores jogam suas apostas nas eleições locais de maio de 2016 tendo como aposta a manutenção do controle de Londres. O candidato conservador ao cargo de prefeito, Zac Goldsmith, defende a construção de um novo aeroporto e vai enfrentar a ascensão dos trabalhistas que elegeram Sadiq Khan como seu desafiante mesmo desbancando uma favorita como a ex-secretária de cultura Tessa Jowell.

A visão conservadora com compaixão foi defendida por Cameron quando foi eleito líder dos conservadores em 2005 como uma forma de modernizar o partido após os anos de thatcherismo. O primeiro-ministro quer fazer mudanças no Reino Unido adotando o velho lema One Nation que foi adotado por Harold Macmilian durante o seu mandato de 1959 a 1963. Agora, o Reino Unido se pergunta se este novo conservadorismo será importante para a história da nação. O tempo irá responder a isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s