Os problemas de EPN

Ontem, o México realizou as eleições estaduais e parlamentares. Os resultados indicam que o partido governista PRI mantém a maioria no parlamento. Isso pode ser uma vitória ou uma derrota para o presidente Enrique Peña Nieto que vive uma crise de popularidade após o desaparecimento de 43 estudantes e a cruel luta entre as forças armadas e de segurança contra os carteis de drogas. A economia está patinando devido a desvalorização do peso e a queda do preço do barril de petróleo.

Peña Nieto ainda se pergunta como o PRI sobreviveu a uma crise política sem precedentes na história mexicana. Mas o partido que domina a vida dos mexicanos por longos 71 anos ainda não tem respostas para dar aos problemas que o país vive. EPN como é conhecido o presidente mexicano tem muito trabalho para restaurar a confiança de uma população descrente diante da guerra do trafico e da corrupção que ainda assola o cenário político local devido a ineficiência de um estado falido.

As reformas que EPN prometeu aos mexicanos foram atropeladas pelas circunstâncias de sua desastrosa política de segurança onde retirou as forças armadas e deu apoio a milícias anti-carteis. Isso criou uma espécie de erva daninha mexicana onde a população paga aos mercenários ou traficantes para ter uma vida tranquila. A esperança de uma mudança na economia local foi enterrada de forma brutal pela falta de tato do presidente mexicano em resolver os problemas da nação.

Nem a santa muerte é capaz de atender os apelos de uma população que quer um país melhor. Peña Nieto tem que lidar com tais problemas para manter o PRI no poder e fazer seu sucessor nas eleições presidenciais de 2018. O priismo ainda resiste porque os mexicanos confiam em um partido que prometeu uma renovação que nunca entregou. A Pemex continua ser uma caixa de pandora mesmo após de ter perdido o monopólio na exploração de petróleo enquanto a reforma no sistema de comunicação está engavetada.

Não sabemos como estará o cenário político daqui a três anos. EPN terá que reformular o governo e tentar mudar um cenário adverso na luta contra o tráfico de drogas. A economia ainda tem as esperanças de mudança com a assinatura do tratado de livre-comércio do Pacífico que está sendo negociado pelos Estados Unidos e com a progressiva abertura econômica que o país está vivendo desde de 2012. Isso pode prometer grandes transformações que o México precisa sem ter os problemas de EPN.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s