Ed Balls

Quando um político sofre uma derrota eleitoral. Ele tem duas decisões a tomar: se continua ou não na política. Este é o dilema do ex-Shadow Chancellor trabalhista Ed Balls. Ele perdeu a eleição para o distrito de Leeds. Durante os 4 anos como o contestador da política econômica da coalizão conservador-liberal demoacrata. Balls sempre tinha uma retórica onde criticava a corrosão do poder de compra das famílias e a crise do custo de vida. Agora, ele vai dedicar a sua vida fora da política.

Balls é um daqueles políticos britânicos que perderam as eleições gerais e tiveram que se reinventar como figura importante para a vida. Isso ficou conhecido como The Portillo Moment, quando o secretário de defesa conservador Michael Portillo perdeu no distrito de Enfiled South para o político trabalhista Stephen Twiggy em 1997. Hoje, Portillo é um respeitado comentarista político da emissora pública britânica BBC. Ele tem uma visão apurada sobre as nuances do partido conservador desde de então.

A promessa de Balls de que irá voltar a política britânica não era acertada. Ed deu uma entrevista para a BBC onde disse que vai pensar o que fazer no tempo vago que terá por sua inesperada derrota. Ele deu apoio para sua esposa, a Shadow secretária do interior Yvette Cooper, que vai disputar a eleição para o novo líder do partido Trabalhista em setembro. Tanto que candidatos a líder trabalhista o procuraram pedindo o seu engajamento em suas campanhas, mas ele recusou em favor de Yvette,

O político sempre precisa de uma reinvenção. Balls se preparou para ser um Chancellor of Exchequer ( o equivalente ao cargo de ministro das finanças) desde que substituiu Alan Johnson em 2010. Entre 2011 e 2012, foi uma voz estridente contra a austeridade adotada pelo conservador George Osborne. Mas a economia britânica se recuperou bem com taxas de crescimento em 2013 e 2014. Isto foi fundamental para a vitória dos conservadores nas eleições gerais do dia 7 de maio.

Agora, Balls terá uma vida mais simples. Ele pode ser aquele marido que sempre apoia a sua mulher como foi a relação entre Dennis Thatcher e a primeira-ministra Margaret Thatcher caso Yvette seja eleita líder dos trabalhistas na conferência do partido em Setembro. O papel de Ed pode ser como mentor político de sua esposa. Coisa que Dennis nunca fez durante os 11 anos de Thatcherismo. Mas por enquanto, Ed Balls vai ter que curtir as suas férias forçadas fora da vida política britânica.

PS: O Homo Causticus vai acompanhar as eleições presidenciais na Polônia e a eleição local na Espanha. Publicaremos um boletim as 8 horas da noite.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s