Como informamos o mundo?

Quando temos uma grande cobertura a ser feita. Isso leva anos de planejamento para o tão esperado dia. Este é o momento onde devemos informar o planeta sobre os fatos que ocorrem em outros países. Isto não foi diferente na cobertura do live blog HC ao vivo sobre as eleições gerais no Reino Unido. Foi um esforço excepcional ao ficar de olho nos resultados declarados por todo o país para montar um panorama político para os próximos 5 anos de um governo do primeiro-ministro conservador David Cameron.

Enquanto a mídia tupiniquim ficava fazendo uma cobertura inútil com poucos textos sobre a campanha eleitoral. O Homo Causticus foi atrás das notícias para ter uma forma diferenciada de entender este complexo sistema eleitoral junto com o nosso serviço inglês, o HC World Service. Isso se mostrou importante quando ajudei o professor da FAAP e meus amigos que sempre me perguntavam como estavam as coisas na terra da rainha Elizabeth 2º durante a campanha eleitoral ocorrida no mês passado.

Ser um cronista dos tempos onde a internet lhe dá uma vasta gama de fontes de informação. É como se fosse uma referência sobre um assunto. Isso acontece com o meu amigo AVC quando é requisitado para informar sobre a situação do Borussia Dortmund (tem pouca gente que entenda de futebol alemão como ele) para os meios de comunicação. Ficar atento toda hora que surja uma nova notícia vinda de Londres é extraordinário mesmo para um cara que nunca viajou para fora do país.

Uma amiga minha me dizia uma vez que falava como fosse um pós-graduado. Mas quando você tem um interesse desenfreado sobre tal assunto para se aperfeiçoar como um ser humano melhor e bem informado. Temos um dever de repassar as informações sobre este mundo para que as pessoas possam se refletir sobre suas decisões e as implicações em suas vidas. O grande problema é que não se tem um noticiário internacional que reflita a vida de tais seres humanos que vivem neste planeta.

Quando vejo este vídeo editado e publicado pela BBC. Me lembra o esforço da semana passada ao cobrir as eleições no Reino Unido. O trabalho de informar é uma coisa muito importante em um mundo onde se tem uma descrença na imprensa tradicional e o ser humano. Procurar informar a população sem ter preconceitos uma visão tosca sobre a humanidade exige uma mente aberta para o novo, mas tendo personalidade própria para dar uma grande notícia ao planeta.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s