Brian Williams

Nos Estados Unidos, os âncoras de telejornais são a principal referência de credibilidade em um país que confia mais no governo do que na imprensa. Mas quando estas pessoas caem em contradição ou falsificam uma história para se beneficiar. Está é a história do âncora do NBC Nigthly News, Brian Williams. Ele fez que os americanos chamam de stolen valour (quando um ser manipula a história que conta em benefício próprio) ao contar que um helicóptero onde estava foi atingido em pleno ar por uma granada. O fato ocorreu no Iraque em 2003.

A história de Williams foi contada por ele próprio durante o Late Show, apresentado por David Letterman em 2013. Com este fato, o âncora da NBC ganhou um salto de credibilidade por ter arriscado a sua vida em um país perigoso como o Iraque pós-guerra. Isso ganhou uma repercussão imensa nos Estados Unidos durante muito tempo e o Nightly News passou ser o telejornal mais visto no país. Eis que a verdadeira face deste fato foi revelada pelo jornal Stars and Stripes, que entrevistou a tripulação do helicóptero onde Williams estava.

Na verdade, Williams estava em um outro helicóptero que não foi atingido por um morteiro, mas segundo tais militares, tinha mesmo um outra máquina voadora foi atacada. Diante desta versão, o âncora da NBC pediu desculpas ao público e afirmou que teve um lapso de memória durante uma edição do Nigthly News. Isso causou a suspensão do âncora por seis meses sem pagamento de salário pela NBC além do estrago da credibilidade de Williams perante o cético público americano.

A TV americana teve grandes âncoras como Ed Murrow, que nos anos 1950, denunciou o macarthismo e enfrentou o senador republicano Joseph Marcathy em seu programa. Durante o auge da Guerra do Vietnã, o âncora da CBS News, Walter Cronkite, exibiu reportagens que denunciavam o horror da guerra. Tanto que o então presidente Lyndon Johnson disse: Se eu tenho perdido Cronkite, eu perdi o americano médio. Isso rendeu a Cronkite o título de o “Homem mais confiável na América”.

O fim da era dos âncoras mostra que os Estados Unidos estão se informando mais com a internet e os canais de notícias como a CNN e a Fox News. As redes de tv aberta americanas como ABC, NBC e CBS perdem público de forma drástica. O americano prefere ver o reality show como The Voice ou American Idol. Mas não quer ver as notícias dos telejornais. Este é o sinal dos tempos onde a sociedade do espetáculo gosta de ver entrenimento, mas odeia ter que ver o que está acontecendo no mundo em sua volta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s