Página 3 do The Sun

Quando lemos um jornal. Sempre tem as tais páginas nobres como a página de opinião, editoriais e afins. Mas o tabloide britânico The Sun tinha uma diferença. A page 3 era conhecida por publicar fotos de garotas com os seios a mostra. Isso começou em 1970, quando o periódico foi comprado um ano antes pelo magnata australiano Rupert Murdoch. Para aumentar as vendas, o novo dono decidiu publicar fotos de mulheres e seus belos peitos em uma seção do diário. Assim começou a page 3.

Por longos 45 anos, muitos homens e garotos iam comprar o The Sun para ver as belas mulheres e seus seios. Mas isso irritava as feministas. Desde do ano passado, um grupo de ativistas chamado No More Page 3 defendiam o fim da página. Tanto que Murdoch reclamou sobre isso em ser perfil no Twitter. Ele classificava tais militantes como a velha guarda do movimento feminista. Após a pressão de tais mulheres. O tabloide decidiu publicar fotos de mulheres de biquíni ou de calcinha e sutiã.

Mas a situação de Murdoch é muito delicada no Reino Unido desde da revelação que o tabloide dominical News Of The World fazia escutas ilegais de celebridades, políticos e anônimos em 2011. Tanto que isso barrou a compra de Murdoch da companhia de tv por satélite BskyB naquela época. O NoW foi fechado no mesmo ano. Mas o australiano não iria perder o investimento feito e criou em 2012 o Sun on Sunday. Mas a page 3 era uma forma de lembrar o velho Murdoch criador de jornais.

A page 3 mostrou aos britânicos a beleza da mulher e virou uma marca do tabloide irreverente que Murdoch criou para o The Sun. Isso fortaleceu ele e mais tarde fez o australiano comprar o tradicional jornal The Times em 1981 com a benção da então primeira-ministra Margaret Thatcher. Mas desde da divisão da News International (A parte britânica do imperio global de Murdoch) em dois grupos: um dedicado aos jornais e outro especializado em entrenimento. Murdoch ainda não conseguiu recuperar o prestígio que tinha antes do escândalo de 2011.

The Sun ainda continua sendo influente e popular no Reino Unido. Muitos leitores criticaram a decisão de Murdoch de mudar o conteúdo da Page 3. As feministas ainda comemoram está vitória. Mas o magnata Murdoch pode ter uma outra idéia para irritar as militantes contrárias da Page 3. Mas os homens perderam a ilha de beleza em meios ao mar de notícias escandalosas de políticas e celebridades. Mas a página 3 do The Sun entrou na mente e na cultura britânica por exibir belos seios de mulheres muito bonitas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s