Democracia ano 30

Em 15 de janeiro de 1985, o Brasil saiu das trevas ditatoriais e entrou no paraíso da democracia. O brasileiro não imaginava que isso poderia acontecer. Mas um astuto político mineiro foi capaz de pavimentar o rumo deste país para a liberdade. Tancredo Neves era capaz de enxergar no escuro como disse a chamada de capa do jornal Estado de S.Paulo quando ele morreu em 21 de abril de 1985 sem assumir o cargo de presidente desta nação. Mas a era democrática que este território continental vive até hoje.

Passado a incompetência de José Sarney. A propaganda enganosa de Fernando Collor. A estabilidade de FHC. A desilusão de Lula até chegar a robótica presidente Dilma. O Brasil viveu o seu maior período como uma democracia estável em um continente com histórico de golpes e revoluções como a América Latina. A população foi capaz de derrubar um mandatário como Collor com manifestações e um impeachment. Após disso, só acordou para protestar contra Dilma e sua falta de tato de lidar com as demandas de uma nação em profundo descrédito.

A nossa democracia é caso único no mundo. Ela nasceu de um acordo entre os generais e os políticos moderados. Apesar de termos um arcabouço jurídico que impede um acerto de contas histórico e sem revanchismos. Quando se pensava que não iria sobreviver a morte de Tancredo. As instituições foram capazes de preservar isso como uma forma de respeito a população. Fomos capazes de resolver males econômicos através de uma conscientização nacional sobre qual é a maneira de conter tais efeitos.

Mas o male político da corrupção teve um efeito devastador sobre a credibilidade política. Desde da compra de votos da emenda da reeleição do governo FHC passando pelo mensalão da Era Lula chegando ao petrolão do mandato de Dilma. A população queria saber como poder confiar nos políticos. Mas uma imprensa fragmentada ideologicamente e com uma ampla independência entre os poderes permite que as instituições funcionam de forma correta e criam uma sensação que a lei é igual para todos.

A democracia entre em seu ano 30 com um vigor nunca antes visto. Mas como tudo na vida; vai se aperfeiçoando com o tempo para que a população tenha consciência sobre os direitos e deveres que este sistema exige de seus participantes. O jogo político irá demandar muito esforço para que este sistema vigore mesmos com os sinais de perigos alertados pela esquerda e direita. Neste momento onde a era do voto e das liberdades em sua plenitude entra em vigor que inibe o autoritarismo como uma maneira de preservar quem somos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s