Como Iron Maiden e Bruce Dickinson explica o Reino Unido.

Meu amigo Sérgio é fã do Iron Maiden. O grupo britânico de heavy metal e seu vocalista Bruce Dickinson pode esclarecer a história britânica. Sérgio me recomendou ouvir Aces High, a música que conta a batalha da Grã-Bretanha que tem no início de sua canção, o discurso do premiê Winston Churchill onde prometeu a tudo e a todos que nunca ia se render ao feroz ataque da Alemanha Nazista. A fala de Churchill mexeu com os brios de uma nação que vivia sob constante ameaça e precisava agir contra isso.

Quando Dickinson fez sua carreira solo nos anos 1990. Ele cantou a música a I want to be elected. O clipe conta os percalços de Mr.Bean, personagem interpretado por Rowan Atkinson, para ser eleito para uma vaga nas eleições gerais de 1992. A canção era tão boa que foi usada como trilha sonora do encerramento da cobertura da rede pública de tv britânica BBC na votação daquele ano. Bean foi uma figura metafórica ao vermos tanto o premiê conservador John Major, o líder trabalhista Neil Kinnock e seu colega liberal-democrata Paddy Ashdown.

Tanto a guerra quanto a eleição mostravam um Reino Unido entre as vantagens de um estado de bem-estar social com as virtudes de uma nação que estava pronta para agir em caso de ameaça a sua existência. John Major foi um premiê ao acaso quando teve que substituir Margaret Thatcher em 1990 e foi reeleito por conduzir a economia britânica de forma competente. Winston Churchill era um veterano político que seguia seus instintos e conseguiu prever a ameaça nazista em 1934 no discurso que fez ao parlamento.

Ao longo da história, Churchill e Major foram premiês que tinham que lidar com as demandas de uma população que passou por grandes necessidades como os cartões de racionamento da segunda guerra quão nas desvalorizações do Pound feito por governos trabalhistas antes das reformas fiscais e financeiras propostas por Margaret Thatcher. Eles foram reeleitos, mas não tinham a mesma confiança quando assumiram o país bretão em um momento de crise e descrédito.

Bruce Dickinson é um conservador assumido. Lembro de uma vez quando foi entrevistado pelo programa Hardtalk, da BBC em 2012. Ele defendeu os cortes de gastos feitos pelo então Chancellor of the Exchequer George Osborne e citou o exemplo de sua empresa de aviação que pode treinar mais pilotos com um alívio fiscal dado pelo ministro das finanças britânico. As posições políticas são as mesmas. Mas músicas como Aces High e I want to be elected ajudam a entender a história britânica aos gritos.

Anúncios

Um comentário sobre “Como Iron Maiden e Bruce Dickinson explica o Reino Unido.

  1. Muito bom mon brave, ou my brave, sua análise ficou excelente, Bruce além de tudo isso ainda é empresário de sucesso e historiador, ele até veio ao Brasil em uma edição recente da Campus Party para uma palestra sobre negócios e nada a ver com musica, embora ele tenha falado como seu perfil tbm o ajudaram na carreira musical de sucesso.E obrigado pela lembrança.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s