Putin e o Rublo

Quando um país vai mal das pernas na economia. Sempre acusa um fator externo. Isso está acontecendo na Rússia, que vive uma semana agitada nas finanças. Com a perspectiva de uma recessão em 2015, a queda do preço do petróleo (principal produto de exportação russo) e da cotação do Rublo (moeda russa) em comparação ao Dolar tem tirado o sono do presidente Vladimir Putin. Tanto em seu discurso anual ao parlamento, ele pediu resiliência ao povo em tempos difíceis no próximo ano.

Putin fez grandes apostas na geopolítica mundial como anexar a Crimeia ou apoiar os rebeldes ucranianos. Mas a economia sentiria o peso de suas decisões com as sanções econômicas impostas por Estados Unidos e União Europeia. Tanto que o Kremlin reagiu ao retaliar na forma de banir as importações de alimentos vindos da UE e assinar acordos de fornecimento de gás com a China. A situação econômica russa permitiria a população sobreviver aos tempos difíceis sem ter que fazer sacrifícios pessoais.

Para a população russa, o pior momento foi quando Boris Ieltsin fez uma terapia de choque com privatizações e uma abertura econômica para uma população não acostumada com o capitalismo. Com a queda do preço do barril de petróleo em 1998, isso gerou uma crise financeira sem precedentes. A imagem de uma senhora que só pode comprar uma caixa de leite com o Rublo desvalorizado que foi mostrada em uma reportagem do Jornal Nacional era um símbolo da falência prematura das reformas de Ieltsin.

Se as sanções não surtiram o efeito desejado no encouraçado russo. Mas a decisão da Opep (grupo do países produtores de petróleo) de manter o nível de produção atual em face do aumento da extração de gás de xisto via fracking (processo de extração de óleo nas rochas e pedras subterrâneas) por Estados Unidos e Europa. Isso foi um duro golpe para os russos cuja as exportações de recursos minerais são mais de 70% do PIB eslavo. Isto foi uma ducha de água fria para o presidente russo.

A popularidade de Putin se mantém na taxa de 70% de aprovação. Mas se a economia continua indo de mal a pior. O presidente russo terá que preparar a população para tempos difíceis. O Rublo, simbolo da estabilidade monetária desde do início de seu mandato presidencial em 2000. Isto reforça o sentimento de uma nova era de turbulência no cenário econômico. Mas sem perder o orgulho russo de ser uma potência internacional capaz de enfrentar os Estados Unidos. Bem, o Rublo é um dos problemas para Putin.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s