Os mártires da sensatez

Em um mundo onde a insensatez dos radicais ganha espaço. Pessoas que são mortas como os reféns que são decapitados pelo grupo terrorista Estado Islâmico, os 5 israelenses mortos em uma sinagoga por dois palestinos e os 43 estudantes mexicanos que estão desaparecidos. Tais atos geram uma repulsa, mas permite uma reflexão sobre tais humanos podem ser mártires do bom senso diante dos absurdos feitos por seus semelhantes que desprezam a consideração pelo próximo.

O caso da morte de israelenses por palestinos em Jerusalém. A pergunta que fica é se tal muro construído em volta da Cisjordânia tem pouco efeito. A sensação de segurança que tal construção transmitia foi abalada pelas recentes mortes de israelenses por ataques inesperados por palestinos que se sentem como cidadãos de segunda classe como foi relatado no controverso livro do ex-presidente americano Jimmy Carter em 2006.

As recentes decapitações feitas pelo grupo Estado Islâmico mostra a determinação da organização de chocar o hesitante mundo ocidental. A sua visão radical, problemática e equivocada do Islã mostra como pessoas frustradas querem ter uma projeção de suas vidas apenas pelo ato de planejar massacres contra as minorias étnicas no Iraque ou sequestrar voluntários ocidentais como uma forma de pressionar qualquer governo que pensa em lançar ataques contra a entidade.

Enquanto México vive tempos difíceis, o sequestro  e morte de 43 estudantes da cidade de Iguala mostra um estado fraco diante da força dos carteis de drogas, milicias anti-carteis conhecidas como Los Vigilantes. Isto cria uma crise política sem precedentes para o presidente Enrique Peña Nieto. A questão da construção de uma mansão em troca de favores de construtoras gerou uma revolta além de vários protestos exigindo uma investigação independente sobre o desaparecimento de tais jovens.

Estas pessoas que morreram foram vítimas de uma insensatez e da desesperada demanda por atenção para os problemas que existem em tais países.  Suas mortes permitem uma reflexão sobre o mundo que vivemos. Isso é de profunda importância para um planeta perdido entre o radicalismo e a hesitação. Todos querem que tais assassinatos precisam ser investigados de forma justa e transparente em respeito a memória de tais mártires da sensatez.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s