Desculpas, prestações, pato manco e afins

Uma semana onde o presidente do território que fica entre o Canadá e o México pediu desculpas a sua colega tupiniquim. Os 7 dias que este mesmo líder virou um pato manco. Um período que uma ilha decidiu não pagar a conta de uma entidade europeia só para agradar o eleitorado. A Semana segundo o Homo Causticus.

As desculpas de Obama

Após a xeretagem internacional, os Estados Unidos decidiram pedir desculpas aos países sacaneados por  sua agência de espionagem, a NSA. O presidente Barack Obama ligou para a sua colega tupiniquim Dilminha para pedir marcar um encontro durante a cúpula do G20 em Brisbane, Austrália e seu vice, Joe Biden fez um novo convite para uma visita de estado. Pelo visto, os petistas estão soltando os rojões.

O pato manco

Obama viveu o pior de seus pesadelos. Nas eleições para o Capitólio, os republicanos conseguiram o controle no Senado e na Câmara dos Representantes. Agora, o Moisés Negão vai viver como se fosse um pato manco. Aquela ave que mal consegue se equilibrar na hora de voar ou afogar o ganso mesmo.

Pagando em suaves prestações

Após murro no pulpito, xingamentos e muita fúria por nada. O Reino Unido conseguiu postergar o pagamento da contribuição de 2 bilhões de euros para o orçamento da União Europeia. Agora, o país vai pagar a quantia em duas prestações somando 850 milhões de libras durante o ano que vem. Ou seja, a terra da rainha Elizabeth 2º aprendeu a enrolar a Europa com o Zé Carioca, que sempre engana os cobradores.

Está foi a semana no Homo Causticus.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s