Os tiros de Ottawa e a política canadense

O Canadá passou por uma tragédia quando um atirador atacou em um memorial de guerra e a sede do Parlamento na capital Ottawa. Não vou citar o nome do atirador para não termos um culto a personalidade. Mas o sargento Nathan Cirillo foi considerado um herói nacional por ter defendido tal recinto diante de um ato extremado de uma pessoa desequilibrada que usou uma ideologia para mascarar suas frustrações com a sociedade e o país que vive. Cirillo era o guarda do túmulo do soldado desconhecido.

O país se juntou a coalizão internacional para combater o grupo terrorista Estado Islâmico no Iraque e Síria. Harper anunciou que a operação militar sem envolver tropas e isso foi aprovado pelo parlamento. O atirador usou isso para justificar um ataque contra uma instituição. A morte de Nathan Cirillo reflete um temor de uma nação sobre o medo de um ataque do EI por causa da ação canadense neste conflito sem soldados, mas um conflito ideológico.

Mas um ataque desses pode dar a luz ao panorama político do país. Depois da derrota do partido nacionalista parti québécois na província de língua francesa Quebec de a vitória do liberais em Ontário. O Canadá pode ter uma mudança após a era conservadora do primeiro-ministro Stephen Harper. A ascensão do neto do ex-premiê Pierre Trudeau, Justin Trudeau, permite ver uma eleição acirrada no ano que vem entre conservadores e o liberal New Democratic Party.

Os canadenses estão preocupados com o futuro da nação. A nação quer um lugar seguro. Harper é criticado por ter adotado uma postura conservadora tanto por rever a sua política ambiental quanto pela posição aliada aos Estados Unidos. O primeiro-ministro quer continuar com sua ideologia. O Canadá vive uma descrença na classe politica com os fatos como o escândalo do prefeito de Toronto, Rob Ford ou dos gastos do senado local.

O Canadá terá eleições federais em 2015. Harper terá que enfrentar Justin Trudeau. Nosso colaborador Aurélio sempre me conta que Trudeau é muito parecido com o ex-presidente Lula por falar demais. A questão do terrorismo e a posição do país no cenário internacional. Trudeau e Harper vão ter embates interessantes nos próximos meses até a eleição federal. Os canadenses vão ter que se esforçar para convencer que a morte de Nathan Cirillo não foi em vão.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s